Voltar para o blog

Como implementar o recrutamento e seleção online para se destacar no contexto atual?

Marcelo Araújo
Marcelo Araújo 02/08/2022
Como implementar o recrutamento e seleção online para se destacar no contexto atual?

Gestão

A realização de recrutamento e seleção online não é uma novidade para os profissionais de recursos humanos. Diversas empresas já adotavam algumas etapas do processo com apoio de ferramentas tecnológicas, sobretudo a divulgação das vagas e a atração de candidatos, com o intuito de agilizar suas atividades.

No entanto, essa possibilidade ganhou ainda mais espaço em meio à pandemia de Covid-19, a partir do momento em que profissionais e candidatos foram obrigados a manter o distanciamento. Assim, os processos de seleção e recrutamento online se tornaram cada vez mais comuns e necessários no contexto atual. Por meio do uso de recursos digitais, o setor de RH pode realizar um processo mais eficiente e menos custoso, além de conseguir integrar todos os recrutadores e promover uma comunicação com menos falhas.

Para que você entenda a relevância do recrutamento e seleção online para o contexto atual, apresentaremos, neste artigo, como funciona essa técnica e como implementá-la nas empresas. Continue a leitura e saiba mais!

Como funciona o recrutamento e a seleção online?

O recrutamento e seleção online nada mais é que a virtualização desse processo, ou seja, é quando a principal forma de contato entre a empresa e os candidatos em um processo seletivo é a internet.

Nesse caso, podemos dizer que, diferentemente do recrutamento tradicional, em que as etapas ocorrem presencialmente e o desdobramento do processo é mais lento e passível de erro, o método online acontece nos meios digitais de forma segura e simplificada.

Normalmente, isso ocorre desde o anúncio da vaga de trabalho até as entrevistas. Dessa forma, além de possibilitar a visualização das vagas disponíveis e qual delas o candidato está concorrendo, é possível também inserir processos e testes virtuais na própria página. Assim, pode-se avaliar habilidades e conhecimentos específicos com mais rapidez.

O recrutamento online oferece diversos benefícios para as empresas, tais como:

  • segurança dos dados;
  • facilidade de cadastro;
  • reduz tempo e custos;
  • padronização do currículo;
  • alcance de candidatos talentosos;
  • criação de banco de talentos;
  • redução de gastos com os métodos de seleção;
  • possibilidade de segmentar o público-alvo de modo eficiente;
  • maior controle das informações dos candidatos;
  • aumento da produtividade da equipe;
  • permite melhor alinhamento à cultura da empresa.

Esse tipo de recrutamento é um forte candidato para substituir os processos de seleção presencial. Com ele, é possível manter organização e controle, só que dentro de um contexto totalmente digital. Muito além da aplicação no período de pandemia, o formato online veio para ficar, uma vez que otimiza o tempo da equipe e dos profissionais que serão entrevistados.

Além disso, pode-se facilmente ampliar o escopo de captação de talentos, de forma a impactar e engajar profissionais de regiões diferentes, já que não é preciso se deslocar para mostrar o potencial em uma entrevista.

Quais procedimentos são realizados nesse tipo de recrutamento?

Teoricamente, todos os estágios do processo podem acontecer de modo virtual, por meio de plataformas digitais que forneçam acesso ao candidato. A empresa ainda pode programar avaliações conforme o seu interesse e automatizar partes da seleção. Entretanto, alguns procedimentos são realizados com mais frequência nesse tipo de seleção, tais como:

  • cadastramento dos candidatos;
  • testes de personalidade do candidato;
  • provas de raciocínio lógico;
  • entrevistas por vídeo;
  • verificação de proficiência em idiomas;
  • avaliação de conhecimentos técnicos e teóricos.

É importante destacar que, com essas modificações, é necessário que os colaboradores estejam alinhados de forma que a comunicação se torne mais eficiente. Por isso, alguns fatores são essenciais: comunicação adequada, acompanhamento contínuo e ferramentas digitais adequadas. Assim que todos esses detalhes forem ponderados, é possível escolher quais etapas do recrutamento online a empresa deseja incluir no seu sistema.

Como as ferramentas tecnológicas auxiliam nesse processo?

Gerir os processos de recrutamento de forma digital pressupõe uma grande mudança e novos desafios para as empresas: o uso de ferramentas tecnológicas. A aplicação dessas ferramentas permite que os processos seletivos se tornem mais ágeis e eficientes, além de ajudar com a redução de custos para as empresas. 

Em geral, os softwares oferecem recursos para segmentar as vagas e funcionalidades que auxiliam a identificar as habilidades e as características desejadas entre os candidatos para as vagas disponíveis, além de padronizar os currículos de acordo com a necessidade da empresa.

Além disso, a utilização de ferramentas digitais possibilita que o setor deixe de armazenar currículos impressos e passe a criar seu próprio banco de talentos digital, que permite arquivar e acessar informações dos candidatos inscritos para buscá-las de forma rápida.

Como implementá-lo na empresa?

Agora que você já entende como funciona o método de recrutamento e seleção online, separamos algumas dicas que podem te ajudar na execução do processo. Confira! 

Realize o mapeamento de processos

Primeiramente, é necessário que o time de recursos humanos realize o mapeamento de todos os procedimentos associados à seleção de talentos. Nessa etapa, os profissionais identificam todas as fases, os fluxos e os objetivos de um determinado processo da organização, ou seja, eles mapeiam todas as etapas a serem executadas.

Elabore um planejamento

Uma vez que cada fase do processo de seleção é devidamente mapeada, é hora de desenvolver um plano estratégico para garantir que todo o processo ocorra de forma segura e eficiente. Nesta fase, a ideia é que a seleção ganhe características da empresa e um formato digital. 

Nesse momento, é importante considerar as necessidades tanto da empresa quanto do candidato, com o objetivo de integrar as ações com outros setores importantes, como o financeiro e o administrativo. Além disso, deve-se gerar todos os dados da vaga, em relação aos benefícios, ao horário de trabalho e à flexibilidade, assim como os critérios necessários para se candidatar e como será feita a divulgação.

Utilize as ferramentas adequadas

Sem dúvida, para o sucesso do recrutamento e seleção online, é indispensável contar com um bom software. Como dito, é possível obter diversas vantagens com o uso dessas ferramentas, que garantem tanto a segurança das informações de todos os envolvidos no processo quanto a qualidade do método em si — o que é essencial para que os candidatos selecionados estejam realmente alinhados ao perfil da empresa.

Aqui, podemos citar o processo de admissão digital, um método efetuado para contratar colaboradores de modo totalmente online, que é realizada por meio de um software que atende o setor de RH. Atualmente, diversas empresas especializadas já oferecem esse serviço na nuvem, totalmente seguro e prático.

Divulgue a vaga

Para captar bons candidatos, a organização deve divulgar a vaga no máximo de plataformas digitais possíveis, que, geralmente, são uma ótima porta de entrada para recrutar talentos. Além disso, é uma boa oportunidade para analisar o perfil dos candidatos e ver se eles são instáveis ​​no trabalho, se apresentam um bom desempenho online ou se prejudicam a imagem da empresa nas plataformas.

Lembre-se de identificar os canais de maior presença dos potenciais candidatos. No universo digital, esses perfis podem ser selecionados por meio do LinkedIn, do Instagram e dos sites de emprego, por exemplo.

Monitore os perfis

Durante o processo seletivo, é importante considerar a análise de todas as informações disponíveis online dos candidatos. Isso permite analisar se os candidatos são pessoas estáveis e produtivas ​​no trabalho, se têm um bom desempenho ou se prejudicam a imagem da empresa. Além disso, verificar a sua experiência também é uma boa alternativa, pois otimiza o tempo de seleção e simplifica as etapas seguintes.

É importante lembrar que a plataforma de recrutamento pode realizar a triagem dos candidatos. Ou seja, a ferramenta faz uma análise minuciosa do currículo do candidato antes da realização do processo de entrevista, por exemplo, o que reduz a chance de erros que podem dificultar a seleção.

Realize a entrevista em vídeo

Depois de monitorar os perfis e selecionar aqueles que se adequam à vaga disponível, você pode conhecer mais sobre o candidato selecionado por meio de uma entrevista, que pode ser através de vídeo. Com essa opção, há uma perspectiva mais intimista sobre o perfil do candidato e é possível saber se o perfil comportamental está adequado aos parâmetros definidos pela empresa.

Dependendo da empresa e da vaga pretendida, a entrevista também acaba sendo presencial, uma vez que a organização acredita que é importante entender os candidatos e conhecê-los de perto. Por isso, o processo online é mais usado nas primeiras fases, depois a empresa continua de forma presencial.

Vale ressaltar que as entrevistas em vídeo geram diversas vantagens para as empresas, já que elas podem entrevistar pessoas que estão em qualquer lugar do mundo. Isso economiza tempo, reduz desconfortos e outros problemas resultantes de deslocamento. Além do mais, os líderes não precisam modificar suas agendas para se deslocarem até o local da entrevista. 

Aplique testes

Também é possível realizar testes técnicos ou de perfil comportamental de forma virtual, que servem para mapear o comportamento dos candidatos e gerar relatórios sobre suas características pessoais e habilidades profissionais. Isso é essencial para avaliar o nível de intelectualidade e a capacidade do candidato, assim como para identificar aqueles que se sobressaem, em relação às competências e experiências profissionais.

Considere a capacitação de líderes e colaboradores

Claro que o sucesso da implementação do recrutamento e seleção online está diretamente associado ao domínio dos seus usuários, no caso dos líderes e dos colaboradores. Afinal, de nada adianta buscar novos talentos se os próprios profissionais não estão preparados para se posicionar no contexto atual. Não se esqueça que, se o projeto for implementado sem o devido preparo da equipe, a empresa pode perder em funcionalidade e potencial, gerando resultados frustrados e abaixo do esperado.

Digitalize os processos

Quando falamos na digitalização do processo de recrutamento, não podemos pensar apenas no uso de ferramentas digitais para a gestão. A verdadeira inovação está na incorporação de novas técnicas e abordagens ao mundo do trabalho, totalmente inspiradas em hábitos digitais.

A seleção online, além de eliminar a necessidade de utilizar metodologias convencionais de triagem para encontrar novos colaboradores, antecipa as necessidades das empresas para se tornarem mais rápidas e eficientes. Isso porque algumas ferramentas, com o Big Data e os algoritmos de correspondência, permitem o desenvolvimento de modelos preditivos, realizando, assim, uma primeira triagem bem-sucedida de perfis que correspondem às expectativas do negócio.

Como você pode ver, o recrutamento e seleção online é uma estratégia essencial na área de RH, por isso as empresas devem se atualizar e adotar esse procedimento. Além de garantir mais agilidade, redução de custos, produtividade no processamento das informações e segurança, o processo virtual pode trazer resultados mais efetivos e assertivos à empresa. 

Para isso, nada melhor que contar com uma empresa especialista em tecnologia e softwares, como a ferramenta de Admissão Digital da eBox Digital, onde todo o processo ocorre de forma rápida, econômica e simples!

Quer saber mais sobre o recrutamento e seleção online e como as nossas soluções podem ajudar sua empresa? Então, entre em contato com a gente agora mesmo!

Gostou? Inscreva-se e receba novidades!

Marcelo Araújo
Escrito por

Marcelo Araújo

Responsável pelo time de vendas e marketing da eBox. Mais de 25 anos de experiência na área comercial com foco em vendas de produtos de tecnologia e serviços.

Confira outros artigos

Política de segurança da informação: como elaborar? Entenda mais aqui!

Segurança

Política de segurança da informação: como elaborar? Entenda mais aqui!
Leia mais
NDA: saiba mais sobre o contrato de confidencialidade!

Gestão

NDA: saiba mais sobre o contrato de confidencialidade!
Leia mais