Voltar para o blog

Como fazer a restauração de documentos físicos? Aprenda!

Marcelo Araújo
Marcelo Araújo 24/06/2019
Como fazer a restauração de documentos físicos? Aprenda!

Organização

O papel está sempre passível à deterioração, por conta da sua natureza frágil e orgânica. Com isso, se ele for produzido, manuseado e armazenado impropriamente o seu tempo natural é reduzido. Esses papéis no mundo empresarial são chamados de documentos e muitos deles precisam ficar armazenados por prazo indeterminado, conforme a legislação brasileira. O lado bom disso, é que podemos contar com a restauração de documentos mesmo após a sua degradação. Pensando nisso, separamos este material para explicar mais sobre esse recurso. Boa leitura!

Como conservar os documentos?

Com o passar do tempo, os documentos começam a sofrer deterioração, obrigando a sociedade a procurar algum meio de conservá-los. Assim surgiu às três formas de conservação, que são:
  • restauração — são processos técnicos específicos, que tem como objetivo a estabilização dos danos físicos ou químicos causados no documento, além da intervenção nos arquivos já degradados;
  • preservação — é a criação de processos estratégicos, que todos os colaboradores precisam ter consciência e adotá-las para garantir a integridade e a perenidade dos documentos importantes da empresa;
  • conservação — são medidas de proteção, que visam a limpeza, armazenamento e manutenção correta das instalações.

Quais são os elementos que degradam os papéis?

Existem várias coisas que podem gerar a degradação de um documento e essas causas são impactos de influências internas e externas. Sendo que os elementos internos estão relacionados diretamente à composição do papel, como tipo de encolagem e fibras, partículas metálicas, resíduos químicos, dentre outros componentes. Já os elementos externos são relacionados aos agentes biológicos e físicos que os papéis podem estar expostos, como temperatura, umidade, radiação ultravioleta, manuseamento incorreto, insetos, roedores, dentre outros.

Como fazer a restauração de documentos?

O dia a dia das empresas é muito corrido, fazendo com que os colaboradores não tenham o tempo hábil para destinar a conservação e preservação desses arquivos. Por isso, muitas vezes, é importante saber fazer uma restauração para não perder certos dados. Então, confira, abaixo, como é feito o processo de recuperação.

Higienização

O primeiro passo é realizar a higienização do papel. No caso de documentos, você vai precisar passar um pano seco para retirar a poeira. Depois, com a ajuda de um algodão, passe em todo o papel a borracha tipo TKS ralada, com leves movimentos circulares. Se ainda permanecer alguns pontos escuros causados pelo envelhecimento do papel, você pode retirá-los com o auxílio de um bisturi. Já se você precisa restaurar um livro, é necessário passar um pincel com movimentos leves em toda a folha para tirar o pó. Então, com a ajuda do bisturi, você consegue retirar os pontos escuros mais significativos do papel. Caso necessite, o livro pode ser desmontado, feito a higienização e retirada da cola dos cantos das folhas.

Reparos e planificação do papel

Esse momento é o que precisa de maior atenção e delicadeza nos processos. Então, tenha em mãos os equipamentos para auxiliar nessa missão, como pincel, cola à base de carboxi metil celulose, papel japonês e de gramatura na tonalidade mais próxima ao documento original. Conte com um local tranquilo e apropriado para realizar essa atividade. Caso seu documento esteja somente “amassado”, você pode aplicar a cola em toda a sua superfície com a ajuda do pincel, tente deixá-lo o mais liso possível. Se o documento apresenta pequenos rasgos, você pode colar o papel japonês. Contudo, se faltarem pedaços no seu documento, é necessário fazer o enxerto com o papel de gramatura. Após realizar o processo, é interessante prensar o papel com a ajuda de objetos pesados. Feito isso, é só esperar de um dia para o outro, para que a cola seque bem. Depois, tire o objeto e verifique se ele está em condição de uso. Como você pôde perceber, é possível fazer a restauração de documentos físicos, só que seu processo é muito criterioso. Então, o aconselhado é adotar medidas de conservação e preservação dos mesmos, como higienizá-los de tempos e tempos, mantê-los em locais com a temperatura entre 18 e 22 °C e a umidade relativa entre 45 a 55%. Agora, que você conhece os processos de restauração de documentos, que tal seguir a gente nas redes sociais? Estamos no Facebook e no Linkedin!

Gostou? Inscreva-se e receba novidades!

Marcelo Araújo
Escrito por

Marcelo Araújo

Responsável pelo time de vendas e marketing da eBox. Mais de 25 anos de experiência na área comercial com foco em vendas de produtos de tecnologia e serviços.

Confira outros artigos

Aprenda como realizar a gestão de documentos na sua empresa

Gestão

Aprenda como realizar a gestão de documentos na sua empresa
Leia mais
Sustentabilidade em tempos digitais: como exercitar?

Tendências

Sustentabilidade em tempos digitais: como exercitar?
Leia mais