Voltar para o blog

Como aplicar treinamentos sobre organização na empresa?

Marcelo Araújo
Marcelo Araújo 31/05/2021
Como aplicar treinamentos sobre organização na empresa?

Organização



A produtividade de uma empresa depende das atividades assertivas dos colaboradores ao colocar em ação o planejamento estratégico. Para chegar a esses resultados positivos, é importante que os profissionais estejam bem capacitados.

Conhecimento é a essência para que erros sejam evitados. Portanto, aplicar treinamentos sobre organização é o ideal para melhorar o desempenho da equipe e conquistar maiores benefícios.

Quer conhecer alguns procedimentos para oferecer esse tipo de treinamento para a sua equipe? Continue a leitura!

Observe por que a organização na empresa é importante

O sucesso de uma empresa depende consideravelmente da organização dos arquivos que os profissionais utilizam na sua rotina de trabalho. Isso chama-se “saúde organizacional”. É como a saúde do nosso corpo, que precisa estar em equilíbrio para que possamos realizar todas as nossas necessidades e obrigações.

Isso pode acontecer ao tomar algumas medidas de cuidados na guarda dos documentos. O processo de arquivamento é um fator que deve ser levado a sério. É fundamental que a instituição tenha métodos para abrigar materiais e locais adequados para que tudo seja acessado com agilidade, além de que, as informações devem estar bem legíveis para que o trabalho seja produtivo.

Veja como entender problemáticas

A tendência mundial é que os conhecimentos avancem continuamente, assim como os processos de trabalho das diversas áreas profissionais. As novas tecnologias também se desenvolvem em uma dimensão e agilidade significativas, e é preciso acompanhá-las. Com isso. vão surgindo as skills gaps.

Essas carências de conhecimentos são apresentadas pelos profissionais nas tarefas de rotina por meio de erros, dificuldades de resolução de problemas ou, em alguns casos, incapacidade de realizar alguns serviços por falta de habilidade.

Observar atentamente todos os setores e profissionais é a forma mais correta de identificar os gaps. Reunir os colabores e ouvi-los para conhecer as suas dificuldades e sugestões é uma decisão que ajuda a tomar medidas mais direcionadas.

Faça um planejamento bem estruturado

Após a inspeção, o passo seguinte é fazer um planejamento estruturado para solucionar cada ação que foi detectada. Convém convidar o palestrante a participar desse momento, pois ele precisa estar ciente de tudo que vai acontecer nesse período. No planejamento, devem conter informações essenciais, inclusive um cronograma de ações.

Divida o cronograma em etapas

O cronograma de treinamento é o que vai nortear todas as fases do processo formativo. É necessário que ele contenha tudo que vai ocorrer enquanto o curso está em andamento, para que o treinador aplique aquilo que foi planejado, no tempo limitado.

Defina o objetivo e o tema

A princípio, é necessário definir os objetivos que focam melhor nos gaps que foram observados no período de análise. Assim, pense bem nas suas especificidades. A seguir, escolha um tema bem motivador e que faça referência às problemáticas que precisam ser sanadas.

Escolha a metodologia

Com as inovações das novas tecnologias, é possível dinamizar o treinamento de diversas formas. Mencione informações atualizadas sobre o assunto, dê liberdade para discussões sobre o tema e engaje o grupo por meio de dinâmicas de integração. Durante o curso, você pode apontar diversas informações que chamem atenção para maior reflexão dos colaboradores. É valido falar sobre diversos assuntos.

Apresente cases de sucesso

Podem ser apontados cases de sucesso de empresas que atuaram da forma adequada e tiveram seus resultados atendidos devido a uma administração eficaz e do empenho de todas as pessoas que estavam responsáveis por tal tarefa. É importante colocar os profissionais para resolverem situações simuladas no momento do curso. Em seguida, o treinador se manifesta informando os ajustes para melhorias.

Mas não para por ai! É interessante que a cena se repita com a situação já ajustada. Com esse apontamento, o funcionário pode ter maior consciência de que agir por meio de conhecimentos faz toda a diferença.

Estimule os profissionais a serem líderes

O mercado está cada dia mais competitivo, e as atividades nas empresas devem ser ágeis e assertivas. Por esse motivo, é importante que os funcionários tenham o espírito de autonomia e liderança. Devem aprender a tomar decisões e a ser proativos.

Ao sentir-se líder, a autoestima é elevada, e o colaborador passa a ter atitudes diferenciadas, ele aprende a ser independente. Isso abre uma nova visão do trabalho e ele sente seu potencial na empresa, com capacidade para resolver até mesmo os problemas mais complexos.

Estabeleça o tempo de treinamento

O tempo de treinamento é decidido conforme o tema que vai ser trabalhado. Nesse caso, o treinador deve informar qual estratégia de ensino vai utilizar e ter uma média do tempo para aplicar cada tópico.

A formação pode acontecer em mais de um dia, caso haja necessidade. O horário deve ser bem definido e informado a todas as pessoas que precisam participar dela. Vale lembrar que avisar com antecedência é uma ótima estratégia para que todos se programem.

Valide o cronograma com os colaboradores

Construir um cronograma é uma forma de fazer o alinhamento das estratégias que vão ser aplicadas. Para que o treinamento tenha bons resultados, é importante reunir os participantes para combinar datas e horários. Assim, todos se sentem engajados e podem participar assiduamente da formação. Caso exista uma grande incompatibilidade na agenda, o treinamento pode ser feito em dois momentos. Dessa forma, todos têm a possibilidade de participar.

Saiba escolher o treinador

Esse é um dos pontos mais importantes antes de realizar o treinamento. Afinal, tudo o que for ensinado vai refletir nas atividades diárias dos colaboradores, e o bom resultado vai depender de como as informações foram repassadas e aplicadas.

Escolher uma pessoa para ministrar temas importantes devido às carências de conhecimentos dos membros das equipes é uma missão bem difícil. O melhor é buscar informações sobre pessoas habilitadas para esse tipo de formação e que tenham conhecimentos aprofundados sobre o assunto.

Como vimos no decorrer do artigo, efetuar treinamento sobre organização é uma atitude que requer diversos cuidados. Quando o treinamento trata da guarda de documentos, há algumas temáticas que são indispensáveis para a atuação diária dos colaboradores, como os pilares da segurança da informação, métodos de organização, por que digitalizar documentos e outros temas relevantes sobre a área.

Entendeu como é importante estruturar bem um treinamento para que ele alcance os seus objetivos? Agora você pode ler este artigo: como não perder documentos da empresa? Veja 5 dicas essenciais!



Gostou? Inscreva-se e receba novidades!

Marcelo Araújo
Escrito por

Marcelo Araújo

Responsável pelo time de vendas e marketing da eBox. Mais de 25 anos de experiência na área comercial com foco em vendas de produtos de tecnologia e serviços.

Confira outros artigos

eBox e Ambev, uma parceria que é muito mais que guarda de documentos

Gestão

eBox e Ambev, uma parceria que é muito mais que guarda de documentos
Leia mais
Onboarding digital: o que saber sobre a integração de novos colaboradores?

Gestão

Onboarding digital: o que saber sobre a integração de novos colaboradores?
Leia mais