Voltar para o blog

O que é autenticação digital e quais os esquemas utilizados?

Bruno Lacerda
Bruno Lacerda 05/10/2023
O que é autenticação digital e quais os esquemas utilizados?

Segurança

A autenticação digital é um processo eletrônico que verifica a integridade e a origem de um documento ou informação digital. Ela utiliza criptografia e assinaturas digitais para garantir a segurança dos dados e a identificação das partes envolvidas. Essa tecnologia é fundamental para garantir a segurança e confiabilidade de documentos digitais, como contratos, transações financeiras e comunicações online. 

Ao fornecer uma camada de proteção contra adulterações e fraudes, uma autenticação digital assegura que o conteúdo do registro aprovado inalterado e que a identidade dos signatários seja verificada de forma eletrônica, substituindo a necessidade de assinaturas físicas e processos demorados. Dessa forma, a autenticação digital agiliza procedimentos, reduz custos e promove a adoção de fluxos de trabalho mais eficientes e seguros.

Continue a leitura e descubra mais sobre o assunto!

Quais são os tipos de autenticação digital?

Na grande maioria, os sistemas de autenticação são categorizados pelo número de elementos que eles contêm. Um tipo bastante usado é a autenticação pessoal, a qual leva em consideração fatores da própria pessoa a serem entendidos como base da autenticação. 

O outro tipo é a autenticação multifatorial, que é um tipo de autenticação de fator único. Mas que não está isenta de ciberataques. Esse tipo de autenticação está presente em diversos formatos, como:

  • token;
  • autenticação de chave privada e pública;
  • senha e autenticação baseada em PIN;
  • autenticação com base em SMS;
  • autenticação de identidade digital (e-mail, localização, comportamentos, contra etc).

Quando se trata de documentos digitais, é válido saber que entre os tipos de segurança existentes, atualmente a que oferece maior segurança é a certificação digital. Além de segurança e privacidade, a certificação digital também estabelece validade jurídica no processo digital feito pela Web.

Os certificados digitais são emitidos por meio de dados da ICP-Brasil (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira). É um dos métodos mais modernos e avançados, criado para garantir a gestão documental dos negócios

Qual a diferença entre os dois?

É importante compreender que a diferença entre os dois tipos de autenticação promove diferentes ações e resultados quando se trata de acessibilidade e segurança de dados.

Autenticação pessoal

Autenticação pessoal é aquela que utiliza partes do corpo da própria pessoa para fazer a sua identificação, como impressão de voz, biometria, reconhecimento facial e outros.

Autenticação multifatorial

A autenticação multifatorial oferece mais respaldo de segurança devido aos elementos que ela utiliza. No entanto, mesmo tendo vários fatores de segurança, ainda ficam um tanto desprotegidos ao serem atacados por cavalo de tróia e man-in-the-middie.

Quais os esquemas utilizados?

A autenticação digital é composta de vários esquemas que podem ser usadas em casos diferentes, como: 

  • autenticação centralizada;
  • autenticação global localizada;
  • autenticação local;
  • autenticação global e aplicativos da internet.

Por fim, como vimos, a autenticação digital na prática envolve o uso de criptografia e assinaturas digitais para garantir a autenticação e integridade de um documento. Para isso, é necessário ter uma plataforma com ferramentas específicas para efetuar uma autenticação segura. Um sistema de gestão de documentos, por exemplo, tem como prioridade, a certificação digital.

Percebeu como a autenticação digital é vital para a segurança de um negócio? Deixe seu comentário aqui, e nos diga qual o tipo de autenticação você usa em sua vida pessoal e na empresa.

Gostou? Inscreva-se e receba novidades!

Bruno Lacerda
Escrito por

Bruno Lacerda

Graduado em análise e desenvolvimento de sistemas, possui MBA em gestão estratégica de TI pela FGV com extensão internacional pela Universidade da Califórnia, Irvine. Lidera o time de tecnologia da eBox. Mais de 18 anos de experiência em tecnologia da informação, gestão documental e terceirização de processos, tendo, inclusive, conquistado certificações relevantes nestas áreas ao longo da carreira.

Confira outros artigos

Dados digitais: o que são e como armazená-los?

Gestão

Dados digitais: o que são e como armazená-los?
Leia mais
4 dicas de como implementar a gestão com foco em processos

Organização

4 dicas de como implementar a gestão com foco em processos
Leia mais