Voltar para o blog

Business Process Management (BPM): entenda o que é e qual sua importância

Marcelo Araújo
Marcelo Araújo 27/02/2020
Business Process Management (BPM): entenda o que é e qual sua importância

Gestão

Não é novidade nenhuma que todo profissional deseja ter reconhecimento no trabalho. Consegui-lo, no entanto, exige vários esforços, afinal de contas, os clientes não abrem mão da qualidade, têm pressa e querem ótimos preços. Por esse motivo, é preciso aprender a fazer melhor, de forma mais rápida e com menos recursos. E a boa novidade é que para preencher essa lacuna surgiu o BPM (Business Process Management). Você já ouviu falar desse termo? Bom, com o Business Process Management, uma empresa consegue muito mais lucros, além de manter produtos e serviços em alto padrão e reduzir os custos. Ficou curioso e quer saber mais sobre o BPM? Então continue acompanhando e confira algumas informações a respeito desse assunto! Boa leitura!

O que é o Business Process Management (BPM)?

Business Process Management, que significa Gestão de Processos de Negócio, em português, trata-se do o conjunto de práticas que são focadas na melhoria contínua dos processos de um negócio. Seu propósito é integrar a estratégia da empresa às necessidades e expectativas dos clientes. Com a gestão de processos, passa a ser possível analisar, executar, monitorar e gerenciar os processos com muito mais efetividade, e assim a empresa ganha competitividade no mercado.

Qual a importância e os benefícios do BPM para as organizações?

O BPM é uma ferramenta fundamental para as empresas de todos os tamanhos e tipos. Há inúmeros benefícios que ele pode trazer para um negócio. Confira alguns deles!

Transparência nos processos

Todos os colaboradores ficam cientes dos processos, podendo executar suas tarefas com mais aderência aos objetivos da companhia. Isso melhora a comunicação interna entre os profissionais e cria uma cultura de empatia, afinal, os funcionários passam a ver o reflexo do seu trabalho no trabalho dos outros e, assim, se sentem mais motivados.

Aumento da produtividade

A eliminação de obstáculos, conscientização dos colaboradores e facilitação dos fluxos de trabalho acaba contribuindo para o aumento da produtividade. Ter processos reconhecidos e padronizados por todos na empresa é um passo essencial para fazer as coisas adequadamente já na primeira vez, evitando desvios na comunicação e retrabalhos.

Maior controle

O Business Process Management prevê o estabelecimento de indicadores de desempenho (KPIs) que indicam a performance da companhia em relação aos seus processos, garantindo, assim, um maior controle sobre a qualidade. Tais indicadores são uma forma direta e bem simples de controlar o andamento das atividades da empresa e de acompanhar a performance dos processos. Dessa forma, você vai saber o momento certo de agir.

Como fazer Gestão de Processos (BPM)?

Podemos dividir a Gestão de Processos em cinco etapas! Confira!

1. AS IS

Nessa etapa você vai levantar e mapear os processos da empresa. O mais indicado é que esse momento seja totalmente colaborativo, trazendo todos os profissionais para uma roda de conversa, permitindo, assim, a troca de experiências.

2. TO BE

É a hora de transformar os processos da companhia. Tendo como base os processos identificados na fase anterior, é feito o desenho dos processos já contendo as melhorias que terão de ser implementadas. Dessa forma, os processos vão aumentar seu nível de desempenho, proporcionando grandes resultados para a empresa.

3. Implementação

Essa fase é para colocar em prática o que foi desenhado na segunda etapa. Para tanto, é preciso ter conhecimentos aprofundados em gestão de projetos, que garantem todo o suporte à implantação dos novos processos.

4. Monitoramento

Monitorar é nada mais do que acompanhar o desempenho dos processos para analisar se eles estão performando como desejado ou se necessitam de revisões.

5. Gestão da Performance

Tudo aquilo que não é medido, não pode ser gerenciado. Portanto, ter um sistema de indicadores de performance vai permitir que você meça o desempenho de modo mais simples e rápido. Afinal, esse sistema indica as relações causais temporais entre os KPIs, dando sentido a eles e não somente criando uma lista de métricas. Enfim, o BPM é extremamente poderoso e pode fazer toda a diferença no sucesso da sua empresa. Então, siga essas dicas relevantes para fazer uma boa Gestão de Processos na sua companhia e obter excelentes resultados! Se você gostou do texto, compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos também possam aprender mais sobre o BPM!

Gostou? Inscreva-se e receba novidades!

Marcelo Araújo
Escrito por

Marcelo Araújo

Responsável pelo time de vendas e marketing da eBox. Mais de 25 anos de experiência na área comercial com foco em vendas de produtos de tecnologia e serviços.

Confira outros artigos

Aprenda como realizar a gestão de documentos na sua empresa

Gestão

Aprenda como realizar a gestão de documentos na sua empresa
Leia mais
Sustentabilidade em tempos digitais: como exercitar?

Tendências

Sustentabilidade em tempos digitais: como exercitar?
Leia mais