Voltar para o blog

Veja como manter a saúde emocional no trabalho durante a crise

Marcelo Araújo
Marcelo Araújo 07/04/2020
Veja como manter a saúde emocional no trabalho durante a crise

Gestão

A saúde emocional consiste basicamente no estado em que o indivíduo tem controle plenamente de suas emoções e encontra-se em uma condição de bem-estar psicológico. Por isso a saúde emocional no trabalho é tão importante. O ambiente laboral, muitas vezes, pode ser estressante, sobretudo em momentos de crise, por isso o colaborador deve focar-se em manter suas emoções estáveis para que consiga preservar seu bem-estar. Melhorar a saúde emocional é uma maneira de se tornar uma pessoa com qualidade de vida, equilibrada, satisfeita e ciente do seu próprio potencial no trabalho, estando, de certa forma, livre de problemas como estresse, ansiedade, depressão, entre outros transtornos muito comuns atualmente. Neste artigo, mostraremos os impactos dos tempos de crise na saúde emocional dos funcionários, destacando a necessidade de as empresas se atentarem a essa questão. Também, apresentaremos algumas práticas que ajudam nesse sentido. Confira!

Motivos dos impactos na saúde emocional dos colaboradores em tempos de crise

Durante muito tempo, o bem-estar dos funcionários não era razão de preocupação para as empresas. No entanto, felizmente, o cenário mudou e muitas delas passaram a priorizar a saúde emocional da equipe. Em geral, colaboradores saudáveis e equilibrados apresentam mais motivação e produtividade, além de contribuírem para a melhora do clima organizacional. Em meio a uma crise mundial, como a atual pandemia do COVID-19, todos os indivíduos precisam lidar com um turbilhão de sentimentos. Em relação ao trabalho, diversas transformações são exigidas para enfrentar o cenário, como a adaptação ao novo fluxo de trabalho, à rotina profissional em casa e ao afastamento social. Esses desafios, naturalmente, geram estresse, tensão e ansiedade nos colaboradores. Dessa forma, é evidente a importância das empresas se preocuparem e cuidarem dessa questão da melhor forma possível. Afinal, esses momentos desestabilizam não só a rotina da empresa como também a vida pessoal dos envolvidos, tornando-os vulneráveis ao desencadeamento de problemas físicos e emocionais.

Dicas práticas de como manter a saúde emocional dos colaboradores

Em momentos de crise, é imprescindível a adoção de práticas que ajudem a manter a saúde emocional dos colaboradores. A seguir, apresentaremos algumas dicas básicas.

 Incentive a manutenção dos bons hábitos

Sem dúvida, a conscientização dos colaboradores sobre a importância de cultivar bons hábitos, dentro e fora da empresa, é uma das principais medidas. Isso inclui o incentivo de um estilo de vida mais saudável e a orientação para seguir as ações estabelecidas pelas autoridades, sendo importante também criar programas para promover o bem-estar.

Melhore a cultura organizacional

A cultura organizacional caracteriza o modo de pensar e agir em uma organização, por meio de um conjunto de costumes e valores. Ela é responsável por preservar o ambiente de trabalho agradável e acolhedor. Por isso, é fundamental reforçar alguns pilares, como confiança, trabalho em equipe, comunicação clara, reconhecimento, relação interpessoal, entre outros.

Ofereça treinamentos on-line

Existem atualmente diversos treinamentos de inteligência emocional, que possibilitam ao indivíduo não se estressar com facilidade. Barreiras psicológicas também podem ser identificadas e destruídas de uma forma natural e personalizada, conforme os objetivos da empresa. Assim, a inteligência emocional prepara a pessoa para lidar com problemas do dia a dia no trabalho.

Oriente em relação ao consumo de informações

Devido ao excesso de conteúdo disponível na Internet, é essencial instruir os colaboradores a filtrar suas fontes de informações. O compartilhamento de notícias sem cunho científico e as mensagens sensacionalistas aumentam ainda mais a sensação de mal-estar e o pânico das pessoas. Por isso, o ideal é se basear em notícias oficiais e evitar ao máximo ficar acessando as mídias. É importante destacar que o desequilíbrio dos colaboradores pode ser extremamente prejudicial, tanto para eles quanto para as empresas, devido à baixa produtividade e ao aumento de conflitos internos, por exemplo. Nesse contexto, o papel do líder é de grande valia, pois ele será o responsável por traçar estratégias mais eficientes que ajudem a engajar e motivar os colaboradores. Por fim, todas essas medidas são imprescindíveis. Afinal, o capital humano ainda é o recurso mais valioso de uma organização. Portanto, a saúde emocional no trabalho importa muito! Gostou do nosso conteúdo? Aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais, assim você ajuda seus amigos a ficarem por dentro do assunto!

Gostou? Inscreva-se e receba novidades!

Marcelo Araújo
Escrito por

Marcelo Araújo

Responsável pelo time de vendas e marketing da eBox. Mais de 25 anos de experiência na área comercial com foco em vendas de produtos de tecnologia e serviços.

Confira outros artigos

Aprenda como não errar na sua gestão de documentos fiscais

Organização

Aprenda como não errar na sua gestão de documentos fiscais
Leia mais
ISO 27001: como está a segurança dos dados da sua empresa?

Segurança

ISO 27001: como está a segurança dos dados da sua empresa?
Leia mais